Surpreenda-me


surpreendame

Surpreenda-me com uma flor roubada
Não me surpreenda com palavras inalteradas ou frases inacabadas
Surpreenda-me com o riso solto sentado na calçada

Não me surpreenda de qualquer forma
Surpreenda-me roubando-me um beijo na madruga
Não me surpreenda somente com suas taras
Surpreenda-me com alegria estampada na cara
Não me surpreenda com a conquista do impossível
Surpreenda-me como mulher
Não me surpreenda somente por querer
Surpreenda-me com praticidade
Não me surpreenda só com sabor
Surpreenda-me com um abraço
Não me surpreenda com o inigualável
Surpreenda-me com o simples
Não me surpreenda com ilusão
Surpreenda-me com suas mãos
Não me surpreenda com intocável
Surpreenda-me com bem querer
Não me surpreenda com que supostamente pode suportar
Surpreenda-me quebrando barreiras vindo me buscar
Não me surpreenda querendo questionar
Surpreenda-me no ato verdadeiro de amar
Não me surpreenda fazendo promessas que nunca irá realizar
Surpreenda-me doando aquilo que guarda sem ninguém notar
Não me surpreenda dizendo aquilo que quero ouvir
Surpreenda-me dizendo o que tenho que escutar
Não me surpreenda fazendo o obvio
Surpreenda-me quando eu não mais acreditar
Não me surpreenda mentindo
Surpreenda-me naquilo que for preciso
Mesmo que depois de tudo vivido não seja o almejado
Não me surpreenda ficando
Surpreenda-me se a partida se faz necessária
Somente me surpreenda com a verdade…

Apenas Uma Poeta

Publicado no Recanto das Letras em 19/03/2010

Anúncios

Um comentário sobre “Surpreenda-me

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s