Praticando o desapego

Um livro deve ser o machado que quebra o mar gelado em nós. *Franz Kafka
Um livro deve ser o machado que quebra o mar gelado em nós.
*Franz Kafka

Quando o assunto é doar livros, confesso que fico com o coração dividido. Faz algum tempo doei todos os livros de literatura que acumulei por apego sentimental, agora é a vez dos

livros de tecnologia.
Levei um tempo para aceitar que doar é a melhor solução. Com os livros técnicos o valor sentimental é maior, é a somatória de aprendizado aplicado em uma carreira de sucesso. Hoje limpei e abri um por um, como se fosse uma despedida.

livros
Encontrei anotações e dedicatórias, fotografei em seguida foi para a pilha de doação.
Todos em inglês, com linguagens de programação variadas, códigos, códigos e mais códigos. Tomara que em mãos de programadores dedicados eles possam continuar ativos.


É tempo de transformação, cores novas, novo espaço – tão bom praticar o desapego!

Mente aberta sempre.
Boa noite.

O importante não é o que se dá, mas o amor com que se dá. Madre Teresa
O importante não é o que se dá, mas o amor com que se dá.
Madre Teresa
Anúncios

3 comentários sobre “Praticando o desapego

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s