Molhar os pés é pouco

eupensandopiscina

Ultimamente tenho deixado a vida acontecer, gosto assim sem “grilo”.
Sentar para conversar em uma tarde de verão, tomar champanhe, tomar água ou tomar alguma coisa – menos juízo, menos

compromisso.
Estou deixando, tipo o deixador de Quintana. No caso ele empurrava com a barriga
 ao contrário do meu “deixar”.
Enfim, vou deixar o Deixador falar por mim.
Deixa isso pra lá!
😀

O Deixador
Eu tenho mania de deixar tudo para depois…
Depois a contagem das cartas a responder…
Depois a arrumação das coisas…
Depois, Adalgisa…Ah,
Me lembrar mais uma vez de romper definitivamente com Adalgisa!
Depois, tanta, tanta coisa…
Depois o testamento as últimas vontades a morte.
Só porque vai sempre deixando tudo para depois
É que Deus é eterno
E o mundo incompleto
Inquieto…
Só é verdadeiramente vida a que tem um inquieto depois!

Mario Quintana – Baú de Espantos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s