Recatada sim!

Onde está o erro? Ser recatada não é o fim do mundo!
Posso?

recatadaedolar

Nas memórias do historiador Pedro Calmón, um dos maiores que o Brasil já teve, ele escreve que escolheu a “mulher da vida dele” exatamente com base nessas características: ela deveria ser bela, recatada e do lar.

Aliás, beleza nem era tão importante


nessa época, passou a ser uma características determinante nos séculos 20 e 21. Mas recato e ser uma boa dona de casa acompanhou a história da mulher brasileira desde sempre.

No século 19, ser dona de casa era uma característica importante, voltar-se para as atividades domésticas, estar ocupada dentro de casa, essa é uma permanência que está presente até hoje. E é óbvio que tivemos rupturas, especialmente na década de 70, com a chegada da pílula anticoncepcional, a inserção da mulher no mercado de trabalho, o que faz determinadas mulheres que participaram dessas rupturas reagirem a esse modelo de permanência.

Mas o que eu acho importante insistir é que o Brasil não é o mesmo. O Brasil das capitais, do Rio de Janeiro, de São Paulo, onde você tem o movimento feminista organizado, mulheres em cargos de comando, mulheres formadas pela universidade – ele não é o mesmo do interior. Em muitas localidades brasileiras, sobretudo no interior do Brasil, onde ainda vive 20% da nossa população, adjetivos como esses fazem a diferença e ainda são considerados características importantes para a escolha do cônjuge.

Vale a leitura!

http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/04/160418_marydelpriore_entrevista_marcella_temer_np

Anúncios

7 comentários sobre “Recatada sim!

  1. A futilidade midiática transforma coisas singelas em banalidades. Triste ver/ler/ouvir comentários tão grotescos com uma citação que deveria ser tão natural. Parabéns pelo post e pela sugestão de leitura Marta! 👏

  2. Pingback: Recatada sim! | O LADO ESCURO DA LUA

  3. Lugar de mulher…como se ela tivesse que ter lugar. Mulher e homens são iguais em tudo diferenciando apenas em força bruta de reto muitas vezes são superiores até mesmo pela quantidade maior que eles tem em formações concluídas. O que devemos lutar e derrubar de vez é a equiparação do pagamento na mesma função. Dizem pesquisas que ela fazem a mesma coisa diga-se de passagem muitas vezes melhor, e recebem 20% a menos, porque isso?
    Acho que apenas os Neandertais ainda pensam dessa forma, o homem moderno não só admira a companheira que luta lado a lado com ele como incentiva a cada dia crescer e ser independente. Boa dica. 😀

    1. martafelipe

      O comentário do Alex é perfeito! O que eu condeno atualmente é que muitas mulheres estão denegrindo a imagem feminina.
      As redes sociais estão abarrotadas de postagens chulas.
      Quanto ao mercado de trabalho, as mulheres que estão preparadas assumem vagas poderosas com salários altos. A estatistica nem sempre é acertiva, há muitos homens sendo sustentados por mulheres. Vai saber…
      Obrigada Claudio por comentar.
      🙂

      1. Sim Marta concordo plenamente com você e perdão pela péssima escrita que fiz através do android, sai tudo errado, alias ele escreve o que quer mudando e colocando palavras em meus textos, rsss.
        Sim conheço não uma nem duas mas diversas mulheres que ganham o dobro do salário do marido, não entendo bem como são feitas estas pesquisas, mas uma coisa é certa sem aprimoramento na profissão ou na carreira ninguém ganha bem. Muitas jovens e algumas até estão em blogs aqui, vão para fora para fazerem mestrados e quando voltam claro que não tem concorrência.
        As ditas postagens chulas não são apenas de mulheres, claro que partindo do princípio machista fica muito mais feio uma mulher dar uma declaração em rede sobre tabu do que um homem.
        Muitos também Marta não tem as mesmas oportunidades e como digo em um poema, “querem participar de algo ou grupo, sem lambuzar o beiço impuro”.
        credito que cada qual encontra seu canto ou quadrado como dizem e cabe de fato aprender e se educar com o que percebemos ser bom.
        E por falar em aprender, agradeço o convite Wine / Vinho, adoro, mas não entendo quase nada, sempre vou na onda, rssss. Bjs! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s