Sexta-feira ⛈

janelablogmartafelipe

O dia amanheceu nem lá e nem cá.
Opaco, estranho, deve chover outra vez.
Gostoso para ficar
em casa e colocar ordem nos papéis, rasgar,separar e limpar gavetas.
Adoro por ordem na desordem.
Segundo Mario Quintana:
Dia de chuva…
É para a gente rasgar cartas antigas…
Folhear lentamente um livro de poemas…
Não escrever nenhum…

Por aí… segue o dia  através de minha janela – que amanhã é sábado bebe.
😀

Cortina transparente

Cortina não é simplesmente “cortina”
Cortina significa:
não ter a casa devassada, é claro
(mesmo cortina transparente impede a curiosidade de vizinhos);

fazer da janela um quadro que finalmente ganhou uma moldura;
dar à sala ou quarto o aconchego de “lar”;
completar com uma cor a decoração do aposento;
poder fazer jogo de luz;

poder “criar” com liberdade a sua própria decoração,
seguindo o próprio gosto.
Você quer imaginar a diferença que há entre janela
com ou sem cortina?
Pois imagine olhos que não tivessem pestanas…

Clarice Lispector

Janelas.
Quando falo dessas
pequenas felicidades certas,
que estão diante de cada janela,
uns dizem que essas coisas não existem,
outros que só existem
diante das minhas janelas,
e outros, finalmente,
que é preciso aprender a olhar,
para poder vê-las assim.

(Cecília Meireles)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s