Não para agora

 Num rasgo de saudade
Viajei no tempo
Perdi o sono
Revi os planos

Num rasgo de saudade
Viajei com o vento
Acompanhei seu canto
Revi momentos

Cantei cantigas
Dos tempos idos
Que repetiam
Não para agora

Que o tempo urge
Não para agora
Revive o sonho
Que te fez ressurgir no tempo

Abraça o tempo
Refaz o amor
Constrói castelos
E pontes e luas
Que afugentem a dor

Nos sonhos do teu castelo
A vida se faz com ardor
Não para agora
Não para agora

Espera o amor
Momentos idos
Momentos findos

São tão só os teus momentos
As linhas de tua vida
Em que viveste com tanto amor

Aprendeste o canto
Da alma pura
Que ri e chora
Que pede e implora
Não para agora

Teu canto é vida
Teu sonho é luz
Não para agora
Que o amor é vida
E te conduz.

-AD-

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s